• Psicoterapia Individual: visa trabalhar conflitos e problemas de ordem emocional, na qual terapeuta e cliente buscam juntos aprender sobre o seu funcionamento individual, seus mecanismos e ações, através de relatos e observações.
  • Psicoterapia em Grupo: interação em grupo, para facilitar a percepção do outro e como se relaciona.
  • Psicoterapia para Crianças: diferente do atendimento adulto, uma vez que nessa fase a manifestação do conflito aparece de forma diferente. É um trabalho Ludoterápicos, ou seja, envolvem brincadeiras e materiais diversos para facilitar a compreensão do universo infantil.
  • Psicoterapia para Adolescentes: é um atendimento que se caracteriza pelo intermédio do atendimento adulto e do infantil; tem certo aspecto lúdico, mas também se faz através da fala, levantando questões típicas dessa fase. A adolescência é uma fase de muitas mudanças e transformações físicas e emocionais. Apresentando uma maior fragilidade, às vezes surgindo à necessidade de um facilitador para o bom andamento do desenvolvimento.
  • Orientação de Pais: visa facilitar a psicoterapia infantil e adolescente, objetivando o auxilio aos pais em uma reflexão sobre a dinâmica familiar. Ocorrem simultaneamente.
  • Psicoterapia de Casal ou Familiar: facilitador para a comunicação e para quebra de padrões e comportamentos rígidos, que geram conseqüências indesejáveis.
  • Psicoterapia para Terceira idade: visa criar um ambiente adequado de aceitação e compreensão dos sentimentos e pensamentos, como das dificuldades e problemas encontrados nessa fase. Buscando criar condições para que a pessoa sinta que viver vale a pena e que a realização pessoal pode chegar a qualquer momento da vida de qualquer pessoa, é que ela própria é construtora dessa realização.
  • Atendimento em domicilio: visa o atendimento de pessoas, que por uma serie de fatores não tenha facilidade no acesso ao consultório. É um atendimento individual, que muitas vezes se estende aos familiares ou cuidadores.