Ana Paula Barros de Paiva*

A Educação vem passando por diversas mudanças importantes, que afetam diretamente todas as crianças. É tanta tecnologia que alunos e professores vivem uma crise de autoafirmação, que ocorre no encontro de gerações em um mesmo ambiente. A sala de aula, que até então servia para proporcionar o desenvolvimento intelectual, social e cognitivo do aluno, torna-se um espaço onde, na maioria das vezes, ocorrem muitos conflitos.

Por um lado estão professores com uma formação disciplinadora, enfrentando o desafio de se atualizar e se modernizar. É preciso que eles entendam as novas tecnologias como aliadas, de modo que consigam ganhar a atenção de alunos cada vez mais conectados ao mundo virtual. Alunos estes que, a cada dia, chegam às escolas cheios de energia e vontade de aprender algo novo, de forma diferente.

A maneira como os professores ministravam as aulas já não é mais atrativa; é preciso algo mais, é preciso inovar! Mas como ministrar aulas motivadoras que alcancem diretamente os alunos? A resposta e os recursos já estão em suas mãos; basta se abrir ao que é novo.

Conhecer melhor o outro lado, certamente, auxiliará no pensar a inovação, que nada mais é do que oferecer aos alunos oportunidades de se desenvolverem com autonomia. A tecnologia que já existe dentro de muitas escolas permite, justamente, que isso aconteça. Não é simplesmente usar o computador, digitar uma frase, mas sim fazer com que aqueles conteúdos aprendidos em sala de aula com o professor sejam desenvolvidos pelos alunos por meio de computadores, notebooks, tablets e smartphones, entre outros.

O que alunos desejam e precisam é que sejam oferecidos a eles desafios que possam ser superados. Isso é possível por meio de aplicativos interessantes e aulas dinâmicas, que promovem a socialização e o desenvolvimento integral do ser humano. Por meio da Informática Educacional, tudo isso é feito com muito entusiasmo e dedicação, buscando sempre a qualidade na Educação brasileira. É o desejamos para os nossos alunos, para as nossas crianças, enfim, para a nossa Educação!

*Orientadora-Educacional na área de Informática Educacional da Planeta Educação

fonte: http://www.jornalagora.com.br/site/content/noticias/detalhe.php?e=5&n=24464

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>